Casal evangélicos revela dicas poderosas

1- Ter tempo para o outro

Por mais que hoje tenhamos de nos dividir entre diversas ocupações – trabalho, estudo, cuidado com os filhos e a casa etc. – é preciso ter tempo (de qualidade para o cônjuge). Conversar, ouvindo com atenção o outro, divertir-se ou simplesmente ficar junto, sem interrupções nem distrações, deve ser prioridade na vida do casal.

2- Sem gritos

Desentendimentos e mesmo brigas são normais dentro do casamento, mas não deixe que a raiva lhe domine e não grite. Gritar é uma agressão e, mesmo que não deixe marcas físicas, magoa profundamente o outro. Aprenda a ter domínio de si e cultive a moderação, educação e respeito na hora das discussões.

3- Admitir os erros

Se você errou, peça desculpas. Admitir erros não é sinal de fraqueza, mas sim reconhecimento de que somos humanos e temos debilidades e defeitos que precisam ser trabalhados todos os dias para poderem ser superados.

4- Rancor não leva a nada

Se foi seu cônjuge que errou, perdoe. O orgulho e a dificuldade de perdoar são um veneno para um casamento feliz. Ser humilde e aprender a deixar de lado ressentimentos e desconfianças com o outro são atitudes que precisam ser cultivadas.

5- Alimente o amor

O amor entre o casal é algo vivo que deve crescer a cada dia, desde que alimentado com gestos de carinho e atenção. Um beijo antes de sair ou ao chegar em casa, um jantar especial num dia comum, uma flor deixada sobre a mesa, perguntar ao outro como foi o seu dia são pequenas coisas que podemos fazer para mostrar ao outro o quanto o amamos.

6- Críticas construtivas

Se você está insatisfeito com algo que seu marido ou esposa fez – um comportamento inapropriado, por exemplo –, fale. É um sinal de amor querer ajudar o outro a ver aspectos da própria personalidade ou comportamento que precisam ser melhorados. Mas seja delicado e construtivo. Críticas ofensivas só levam a desentendimentos.

7- Saber agradecer

Pode parecer muito óbvio, mas muitas vezes nos esquecemos de dizer “obrigado” aos nossos cônjuges. Agradecer é uma forma de reconhecer e valorizar as ações feitas pelo outro para nós.

8- Dar o melhor de si

Querer o bem do outro e deixar o egoísmo de lado pode ser muito benéfico ao casamento. Isso significa cuidar do outro, ajudá-lo, evitar aquilo que o desagrada, mas também significa desenvolver nossas capacidades e virtudes da melhor forma possível. Quem ama quer fazer o melhor e ser melhor para o outro.